DIÁLOGO É A PALAVRA DE ORDEM

DIÁLOGO É A PALAVRA DE ORDEM

DIÁLOGO É A PALAVRA DE ORDEM

*Por Simoni Missel

Uma das principais transformações que ocorrem atualmente no mundo corporativo está relacionada a demanda por um novo perfil de liderança. Muitos modelos de gestão estão sendo revisados e atualizados para um mundo mais ágil, mais tecnológico, mais complexo e com uma grande diferença nas relações dos subordinados, em especial na relação das novas gerações com seus líderes.

Sobre essa abordagem dos relacionamentos entre líderes e subordinados, cabe citar as palavras de Ram Charam, guru da administração e autor de diversos best sellers sobre o assunto. Charam diz: “Estamos vivendo uma guerra, onde quem toma a iniciativa é o sul do planeta Terra. A guerra é por empregos e o que caracteriza os combates são Seguidores rebelando-se contra Líderes”. A guerra vista por Charam ainda está longe de ser admitida oficialmente pelas empresas e pessoas, mas os líderes já podem sentir os reflexos desse novo cenário no mundo corporativo, mesmo sem conseguir compreendê-la estruturalmente. A guerra por empregos parece estar apenas começando e vai deixar um rastro no mundo dos negócios.

Um dos princípios que despertam esse pensamento está relacionado as diferentes gerações que ocupam o mercado de trabalho, e as diferentes percepções destas em relação ao diálogo constante e sem barreiras como uma quebra de paradigma para estruturas de negócio tradicionais. Isso fica evidente com o crescimento da prática do feedback e do aumento expressivo de canais de comunicação institucionais entre subordinados, líderes e empresas.

Nesse contexto, o diálogo é uma das técnicas mais poderosas para gerenciar equipes e diferentes gerações, mesmo considerando que grande parte da mão de obra atuante no mercado de trabalho foi moldada em uma cultura do “faça porque eu estou mandando”. Essa cultura retrógrada é umas das grandes responsáveis pela perda de talentos nas organizações.

Essa nova demanda por diálogo constante e construtivo faz com que as lideranças precisem desenvolver competências específicas, relacionadas às habilidades de relacionamento, comunicação e empatia, criando ambientes mais propícios para troca de informações e experiências. Além disso, as próprias empresas precisam construir espaços e iniciativas que potencializem a cultura do diálogo no ambiente organizacional. Um exemplo são encontros esporádicos entre líderes e equipe, com temáticas menos relacionadas ao trabalho e mais a vida pessoal.

Não são apenas as novas gerações que manifestam a necessidade de aprender, manter-se atualizado e encontrar novas oportunidades de crescimento. O mundo dá provas constantes de que o espaço da zona de conforto precisa ser reduzido, e os líderes precisam estar preparados para lidar com esse novo perfil de colaborador, que vê no diálogo a base para o desenvolvimento profissional.

O líder que sabe dialogar vai além de um bom interlocutor que sabe expor ideias. Diálogo é escutar as opiniões, sugestões, ansiedades e preocupações de suas equipes, e utilizar isso como forma de potencializar desempenhos e resultados. Vai além do que dizer o que fazer e cobrar metas.

Muitas vezes, para criar este tempo, o gestor precisa rever sua agenda, suas funções, delegar atividades, treinar e desenvolver pessoas para fazer parte do seu trabalho, pois só assim conseguirá conversar sobre os interesses de seus funcionários, orientá-los sobre o desenvolvimento pessoal e profissional. Estar com a mente aberta para ouvir opiniões diferentes, justificar e argumentar sobre suas atitudes e ideias, é fundamental para que os gestores tenham um time engajado e comprometido.

E como podemos manter nosso time interessado e engajado? Revise sua agenda e crie tempo para dialogar e estar verdadeiramente atento para ouvir, sem ficar pensando no que você precisa fazer depois, ou no que deixou de fazer para estar ali conversando. Prepare-se para o diálogo.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.


Deprecated: Function create_function() is deprecated in /home/admin/web/blog.feedbackmanager.com.br/public_html/wp-content/plugins/contact-form-7/includes/formatting.php on line 59



Posts mais vistos


  • Saiba Mais

  • Publicidade